Praia de Garapuá: Um dos lugares imperdíveis da Ilha de Tinharé!

Praia de Garapua - Morro de São Paulo
10 minutos para ler

A Ilha de Tinharé tem paraísos escondidos que ainda não foram descobertos pelo turismo em massa. Por conta disso, até agora, algumas regiões preservam um lado inexplorado que dá a esses lugares um encanto inigualável. É o caso de Garapuá, um desses destinos maravilhosos que não podem ficar de fora do seu planejamento de viagem.

Essa região dispõe de uma praia discreta muito próxima ao Morro de São Paulo, digna de menção em qualquer ranking de praias espetaculares. Na maioria das vezes, os cidadãos preservam o costume de ir a um destino que todos os conhecidos já visitaram. No entanto, é interessante conhecer as particularidades de cada lugar e comprovar se eles oferecerão o conforto desejado.

Quer saber mais sobre esse paraíso? Então, fique conosco até o final deste conteúdo, pois você vai descobrir tudo o que precisa saber neste post — desde passeios imperdíveis até hotéis e pousadas onde é possível se hospedar. Boa leitura!

A localização da Praia de Garapuá

Garapuá é um dos quatro povoados da Ilha de Tinharé, uma região que faz parte da Costa do Dendê e que pertence ao município de Cairu. Apesar de ficar próxima a Morro de São Paulo, essa fascinante praia já é outro povoado. Ela se encontra ao leste, pouco depois da Quinta Praia, também conhecida como Praia do Encanto.

Apesar de não estar localizada muito longe da vila, não é um lugar concorrido e, em temporada baixa, você pode encontrá-la até deserta. O interessante é que ela, nesse período, torna-se o destino ideal aos que desejam sossego sem precisar se preocupar com barulhos e com toda a correria típica do ambiente corporativo.

As características de Garapuá

Garapuá é um pequeno povoado com aproximadamente 2 km de praia e uma pequena vila com mais ou menos 600 moradores. A maioria da população é constituída por famílias de pescadores muito hospitaleiros. No entanto, levou um tempo até que eles se adaptassem aos visitantes que chegam para descobrir esse destino e curtir as belezas.

Ela não conta com uma infraestrutura forte, são poucas as opções de pousadas e o comércio é escasso. Porém, em compensação, o contato com a natureza e a interação com as paisagens são incomparáveis. É um estilo de vida totalmente diferente daquele que alguns habitantes de grandes metrópoles já estão acostumados a vivenciar diariamente.

A praia local está escondida entre a Mata Atlântica e os manguezais. Ela se rodeia de um vasto coqueiral que dá um encanto mágico e paradisíaco ao lugar. É bastante inspirador e, com certeza, renderá ótimos registros fotográficos no intuito de você compartilhar e interagir com os amigos nas redes sociais.

A faixa de areia muda de acordo com a maré. No período em que ela abaixa, o protagonismo fica por conta das deliciosas piscinas naturais formadas por ali, um dos tantos atrativos desse paraíso. O mar é calmo, mas tem umas pequenas ondas que dão uma ótima trilha sonora à paisagem. Todo esse conjunto ajuda a formar a exuberância dessa localidade.

O que fazer na Praia de Garapuá

Essa localidade é considerada uma das melhores praias da Bahia. Apesar de Garapuá não ser tão chamativa e não dispor de muitos diferenciais que chamem a atenção de públicos diferentes, ela pode ser vista como um lugar onde dá para apenas apreciar a paisagem, ouvir o som da natureza, sentir o mar batendo nos seus pés e agradecer a vida.

As coisas simples são muito bem desfrutadas nesse destino. Na verdade, é pela simplicidade que diversos turistas optam por esse tipo de praia. Contudo, colocaremos nos subtópicos abaixo algumas sugestões no intuito de você aproveitar ainda mais a sua visita a essa região incrível da Ilha de Tinharé.

Caminhada

Mesmo ao estar de férias, o turista não pode descuidar da saúde. Ele deve encontrar uma prática esportiva que possa ser realizada durante a estadia dele em Garapuá. Caso ele não esteja habituado com alguns esportes na praia, uma bela caminhada o ajudará a fazer a exploração do lugar. Ela é uma excelente opção para iniciar ou terminar o dia.

Aliás, ao organizar sua mala de viagem, não deixe de colocar tênis, roupas apropriadas, protetor solar e demais itens imprescindíveis. Manter a organização no seu período de descanso do trabalho fará com que você desenvolva uma boa gestão do tempo e se ocupe de uma maneira totalmente produtiva.

Piscinas naturais

O passeio até as piscinas naturais é um dos programas imperdíveis de Garapuá. A chegada até o local pode ser feita de barco, localizado perto da praia. São aproximadamente 800 metros de distância até o destino. Com a ajuda desse meio de transporte, o viajante chegará em poucos minutos e já poderá desfrutar desse maravilhoso lugar.

Logo de início, ele encontrará um simpático bar flutuante com mesinhas e cadeiras onde é possível beber alguma coisa ou comer algum petisco enquanto se observa a bela vista e curte a paisagem. Com o auxílio de um snorkel, você apreciará a exótica fauna marinha da região. Alguns costumam se refrescar por longas horas nas deliciosas águas transparentes.

Lagoa de Garapuá

Em uma distância de apenas 500 metros da praia, está a Lagoa de Garapuá. Ela é de água doce e tem cerca de 3 km de extensão. Por aqui, um refrescante banho permitirá que você continue aproveitando o dia na região.

A paisagem é bastante contrastante: águas escuras e uma fauna diferente são algumas das características desse outro lado de Garapuá, fascinante por ser exótico.

Manguezais

Na ponta norte de Garapuá, o turista poderá apreciar os manguezais de águas transparentes — outra paisagem natural e bela que encontrará na região. Você terá a oportunidade de fazer um passeio guiado até aqui, que dura aproximadamente duas horas. Essa experiência mostrará um pouco da rotina dos nativos dessa localidade.

É bom lembrar que viajar também pode ser uma chance de conhecer os costumes e outros aspectos da cultura de um povo. Em Morro de São Paulo, por exemplo, existe o Mangue Riders, que propõe um turismo de imersão e atrai viajantes de diversos lugares do mundo. É uma boa maneira de expandir o conhecimento e ter empatia pelas pessoas. 

Esportes aquáticos

No primeiro subtópico, falamos sobre a importância da prática esportiva. A região de Garapuá dá diversas oportunidades ao turista de se manter ativo e em dia com a saúde. Por exemplo, nas piscinas naturais, é possível fazer a prática do mergulho e visualizar os cardumes coloridos que encantarão seu dia com tamanha beleza. 

Outra opção é alugar um caiaque ou stand up paddle para praticar esse relaxante esporte aquático. No entanto, é necessário que o mar esteja calmo e propício para realizar tal prática. Também se pode praticar windsurf e outros tipos de esportes radicais na praia. Existem agências preparadas e que oferecem esse tipo de serviço. Portanto, não perca essas vantagens.

Vilarejo de Garapuá

Estar em Garapuá e não conhecer o simpático vilarejo é um descuido que não pode ser cometido. Caminhar pelas suas rústicas ruas pode ser um passeio alternativo para quem está por aqui. Se você estiver com amigos e familiares durante a viagem, escolha uma tarde estratégica e curta um pouco da simplicidade que o local oferece.

Ao visitar o vilarejo, não deixe de conferir a Capela São Francisco de Assis, considerado um monumento histórico da pequena vila. No entanto, é interessante que todos se preparem antes de chegar a tal localidade, pois por lá não existem nem bancos e nem caixas eletrônicos. Portanto, melhor levar dinheiro e se prevenir de qualquer contratempo.

O trajeto até a Praia de Garapuá

Agora que você sabe de todas as opções que existem por aqui, ensinaremos como chegar ao paraíso. O ponto de partida é o Morro de São Paulo. O turista poderá sair de Salvador com a ajuda do catamarã. De lá, você terá algumas alternativas de chegada até Garapuá:

  • trator ou carro 4×4: você pode sair de Morro de São Paulo em um trator ou 4×4 e chegar a Garapuá. Nesse caso, o veículo sairá do Receptivo, atrás da Segunda Praia, e levará aproximadamente uma hora e meia para a chegada;
  • barco: leva aproximadamente uma hora para a travessia e é o processo de deslocamento mais curto;
  • trilha: os mais aventureiros podem fazer o percurso seguindo uma trilha. As pousadas têm os contatos dos guias que fazem esse trabalho. São quase 12 ou 6 quilômetros a depender de onde for o ponto de partida.

As opções de restaurantes em Garapuá

Garapuá não dispõe de uma infraestrutura poderosa. No entanto, as simpáticas barracas perto da praia servem, além de saborosas comidas caseiras, que abrangem alguns pratos típicos da Bahiadiversas bebidas, petiscos com frutos do mar e peixes frescos que vale a pena experimentar.

Há também o restaurante Casa da Naná, localizado na Rua Nova, onde são servidas lagostas e ótimos peixes com legumes. Não deixe de conhecer, ainda, o Kiosque da Iracema, que serve um camarão gratinado muito irresistível. 

A hospedagem em Garapuá

Com tanta coisa para fazer nesse paraíso, você deve se estar perguntando se é possível ficar por aqui. A resposta é sim! Há algumas pousadas na região, mas são poucas. Não espere encontrar uma grande oferta e nem lugares luxuosos, pois o encanto de Garapuá está na simplicidade. Portanto, aproveite essa perspectiva e desfrute de tudo o que esse povoado tem para oferecer.

Se achar melhor, o Morro de São Paulo tem diversas opções de hotéis e pousadas que, com certeza, agradarão a qualquer tipo de turista, desde os que preferem sossego total nas férias, até aqueles que gostam de sair durante à noite e curtir boas festas em meio a diversos drinks e boa música.

Viu quanta coisa legal tem em Garapuá? Esse destino tem diversos atrativos surpreendentes para você. Portanto, organize sua viagem no intuito de aproveitar os dias que você passará nessa região encantadora da Bahia.

Este post foi útil? Continue conosco e leia o nosso artigo que fala sobre qual a melhor época do ano para visitar a Bahia.

Pronto para fazer as malas e conhecer Garapuá? Então aproveite para ver agora como chegar até a sua primeira parada: Morro de São Paulo e boa viagem!


Você também pode gostar

6 thoughts on “Praia de Garapuá: Um dos lugares imperdíveis da Ilha de Tinharé!

  1. Lugar maravilhoso !
    Conhecerei em breve se Deus quiser !
    Parabéns pela bela e esclarecedoras reportagem .
    Obrigado .

Deixe um comentário