O que fazer em Salvador da Bahia?

O que fazer em Salvador
9 minutos para ler

Muitos turistas chegam a Salvador para logo partir para algum dos paraísos escondidos que Bahia tem. Porém, não imaginam que na capital baiana há uma grande variedade de programas de lazer que refletem o pensar e a cultura baiana, impossível de ser encontrados em outros destinos.

Salvador é um destino alegre que combina a herança ancestral com a simplicidade de um povo feliz. Por aqui, você pode encontrar cultura, festa, praias e muitas outras coisas mais que merecem ser conhecidas.

Neste post, você vai descobrir por que Salvador não só é a capital da alegria, senão também da rica herança cultural, das paisagens arquitetônicas, da fartura gastronômica, das praias urbanas e das fantásticas festas.

Me acompanhe e descubra as 15 coisas que você não pode deixar de fazer quando estiver em Salvador!

15 ótimas coisas para se fazer em Salvador da Bahia

1. Passear pelo Pelourinho

O Pelourinho é uma das referências de Salvador, passear por aqui vai enriquecer muito sua viagem. O Pelourinho é só uma parte do centro histórico da capital baiana, é aqui que se concentra uma variedade de casas culturais, museus, igrejas, bares, restaurantes e pequenas lojas.

As edificações do “Pelô” fazem que os visitantes voltem no tempo, já que a arquitetura barroca predomina por todo o passeio. Nas suas ruas é comum você encontrar músicos locais, fazendo uma boa e animada percussão.

2. Visitar algumas das igrejas históricas

No Pelourinho e seus arredores você encontrará muitas igrejas. 

Na região você encontrará a Igreja de Nossa senhora do Rosário dos Pretos que tem missa cantada. Por aqui, as músicas católicas se misturam com os batuques dos atabaques.

Outra igreja que vale a pena a visita é a Igreja de São Francisco, conhecida também como a igreja de ouro, já que o altar é totalmente coberto de ouro.

Por último, não deixe de conhecer a Escadaria da Igreja do Santíssimo Sacramento da Rua do Passo, provavelmente você já deve ter visto alguma foto do local, é um dos cartões postais do centro histórico de Salvador.

3. Visitar a Casa do Carnaval da Bahia

A Casa do Carnaval da Bahia, está localizada também no centro histórico, é o primeiro museu que através de estímulos visuais e sensoriais conta a história da Folia de Carnaval. Aqui vai encontrar maquetes, roupas, instrumentos, documentos e fotos sobre o evento que mobiliza o Brasil.

Não deixe de conhecer o terraço, daí você terá uma linda vista da Bahia de Todos os Santos. Se tiver sorte, pode coincidir com algum dos shows que habitualmente acontecem no local.

4. Conhecer a Praça Municipal

Um mesmo dia, você pode conhecer vários lugares da região central, pode ir a pé pelas suas ruas apreciando a arquitetura do lugar.

Outro lugar que está nessa região é a Praça Municipal. O local tem o nome do primeiro governador geral do Brasil e fundador de Salvador, Praça Tomé de Souza.

Um rápido passeio por aqui rende ótimas fotos, aproveite todos seus ângulos. Você vai encontrar a Prefeitura de Salvador, a Câmara Municipal, o Elevador Lacerda e o Palácio Rio Branco. Além disso, verá um simpático letreiro com o nome Salvador, instalado frente ao Mercado Municipal, outro ótimo cenário para uma foto perfeita.

5. Visitar o Palácio Rio Branco

Aproveitando que está na Praça Municipal, faça uma visita ao Palácio Rio Branco, localizado ao lado do Elevador Lacerda.

O Palácio Rio Branco com sua arquitetura neoclássica é um dos edifícios mais simbólicos do centro histórico.

O atual palácio abriga o Memorial dos Governadores, com informações sobre todos os governadores da Bahia. Além disso, você encontrará belos afrescos dos séculos XIX e XX e a Sala dos Espelhos com uma bela arquitetura rococó.

Para finalizar, não deixe de visitar a varanda na lateral do palácio, daí você terá uma vista maravilhosa da Bahia de Todos os Santos e do Elevador Lacerda.

6. Usar o Elevador Lacerda

Saindo do Palácio Rio Branco, você poderá usar o Elevador Lacerda, inaugurado em 1973, foi o primeiro elevador urbano do mundo. O Elevador Lacerda funciona como transporte público, conectando a Praça Municipal na cidade alta com a Praça Cairu na cidade baixa.

Desde o alto, você poderá ver a Bahia de Todos os Santos, o Mercado Modelo e o Forte de São Marcelo no fundo.

7. Fazer compras no Mercado Modelo

O Mercado Modelo é um excelente lugar para comprar algumas lembranças, artesanatos e produtos típicos da região. Uma dica importante, antes de fazer as compras visite o primeiro andar, já que é comum encontrar uma boa diferença de preços entre o térreo e esse andar.

O Mercado Modelo não é só um lugar para fazer compras, também é ótimo para fazer um passeio e observar a sua arquitetura que data do século XIX. Além disso, não é difícil encontrar do lado de fora do mercado, cativantes rodas de capoeira, outro lindo espetáculo da região.

Frente ao Mercado Modelo está o Terminal Marítimo. Se você for de catamarã para Morro de São Paulo, Mar Grande ou vai fazer um passeio de escuna pelas ilhas da Bahia de Todos os Santos, é desse Terminal que partirá a sua embarcação.

8. Visitar o Farol da Barra

Esse é um passeio que não dá para ir caminhando desde o centro histórico. O Farol da Barra está aproximadamente a 5 km do Mercado Municipal. Mas por aqui, também é possível conhecer outros lugares próximos.

O Farol da Barra na verdade se chama Farol de Santo Antônio, está localizado na parte de cima do Forte de Santo Antônio da Barra, que pode aproveitar e conhecer. Aqui também funciona o Museu Náutico da Bahia, com um interessante acervo de achados arqueológicos no fundo do mar.

Ao chegar na fortaleza você encontrará uma paisagem incrível, mas esse visual fica muito melhor ainda se decidir subir os 82 degraus que levam até o topo do farol.

O Farol da Barra é considerado um dos melhores lugares para assistir o pôr do sol, então, considere estar por aqui, perto desse horário.

9. Caminhada até o Forte de Santa Maria e Forte São Diogo

Numa rápida caminhada, de aproximadamente 5 minutos pelo tranquilo calçadão, você estará no Forte de Santa Maria. Daqui você pode apreciar a vista e o Farol da Barra no fundo.

Se caminhar mais 5 minutos chegará ao Forte São Diogo, de onde se têm também uma ótima paisagem.

Antes de chegar ao Forte São Diogo, você vai passar pelo Marco de Fundação da cidade de Salvador. Um belo monumento em pedra de lioz que foi fundado em 1952 e carrega a história da colonização portuguesa.

10. Conhecer a Praia Farol da Barra

A Praia Farol da Barra é considerada uma das melhores praias de Salvador e fica do lado esquerdo do Farol que tem o mesmo nome. Na maré baixa se formam piscinas naturais e na praia há um calçadão ótimo para fazer boas caminhadas.

11. Visitar a Praia Porto da Barra

Esta outra ótima praia está localizada entre o Forte de Santa Maria e o Forte do São Diogo. As águas são calmas e limpas e por aqui você também vai encontrar piscinas naturais. Aos finais de semana é muito movimentada, se puder venha durante a semana que é mais tranquila.

Você pode se organizar para passar o dia na região e conhecer todos esses maravilhosos lugares. Por aqui também encontrará ótimas opções para degustar a deliciosa gastronomia baiana.

12. Ver o pôr do sol na Ponta de Humaitá

Outro dos lugares que disputa o melhor pôr do sol de Salvador é a Ponta de Humaitá. Segundo os moradores de Salvador, daqui é a melhor vista do pôr do sol, assim que vale a pena conferir e tirar as próprias conclusões.

Nessa região, você também poderá visitar a Igreja do Senhor do Bonfim.

13. Visitar a Igreja do Senhor do Bonfim

Um destino emblemático de Salvador é a Igreja do Senhor do Bonfim, o lugar é um representante fiel da fé dos baianos.

Por fora, a grade enfeitada com as fitinhas amarradas é outro dos cartões postais da Bahia. Por dentro, a igreja, construída em estilo rococó e neoclássico, se diferencia da maioria das igrejas de Salvador.

14. Ir na Casa do Rio Vermelho

Localizada no bairro com o mesmo nome, Rio Vermelho é um lugar boêmio com muitas opções gastronômicas e vida noturna, e é nesse bairro que está a Casa do Rio Vermelho.

O local serviu de moradia para o casal de escritores Jorge Amado e Zélia Gattai que passaram 40 anos no lugar. A casa cheia de memórias e visitantes ilustres vai receber você para transmitir um pouco das vivências do casal e da história do imóvel.

15. Visitar a Praia de Itapuã

A praia de Itapuã, perpetuada nas músicas, é um lugar que vale muito a pena a visita.

Para quem gosta de águas calmas, essa praia é perfeita. Na maré baixa se formam piscinas naturais o que proporciona um visual lindo e um banho relaxante. Rodeada de coqueiros tem uma paisagem encantadora.

Na sua visita à região, aproveite para comer o acarajé da Cira, famoso no país inteiro e considerado o melhor da cidade. Você pode encontrar o famoso acarajé no Largo de Itapuã.

Aproveite a visita a Itapuã e conheça também as praias de Stella Maris e Flamenco, que ficam depois de Itapuã.

Salvador é um destino acolhedor que recebe os turistas de braços abertos, o histórico lugar guarda lugares únicos que caracterizam o destino.

E se quiser curtir as festas de Salvador não deixe de visitar a cidade no Carnaval, o clima por aqui é incomparável!

Assim como Salvador, a Bahia tem destinos maravilhosos, descubra todos eles neste excelente post.

Conheça os nossos serviços de transfer em Salvador para todo o estado da Bahia.

Você também pode gostar